Como divulgar meu demonstrativo de locutor? - parte 2

mkt_strategy

Continuando os artigos para locutores em início de carreira, uma dúvida que muitos têm é como se divulgar da maneira mais efetiva. Infelizmente, que eu saiba não existem no Brasil agentes de locutores, como nos Estados Unidos.

Esses agentes procuram trabalhos para os locutores em troca de parte do cachê. Então, no caso de quem está iniciando, só resta aos profissionais gastar algum tempo fazendo a própria divulgação.

Assinatura no email

Você pode (e deve!) fazer uma assinatura no seu email que inclua os links para o seu blog, canal do youtube, perfil no twitter, facebook, orkut, etc... Toda vez que você enviar ou responder seus emails, elas serão automaticamente inseridas no rodapé da mensagem e muitos receptores vão clicar nos links.

Links recíprocos

Considerando que você tenha lido o artigo anterior e tenha feito seu blog/site, a essa altura você tem alguns links para divulgar, mostrando seu trabalho. Se você tem amigos que podem colocar no site/blog deles um link para o seu endereço na net, faça a sugestão! Os dois só têm a ganhar. Você retribui colocando no seu site/blog um link para a página deles e pode obter muito mais visitantes.

E por falar em link recíproco, veja a força que ele tem, visitando o site e o blog do Douglas Sampagode, que publicou um dos meus artigos sobre a carreira de locutor.


Email Marketing

Muito cuidado com esse tipo de divulgação, que pode prejudicar sua reputação se você fizer "de qualquer jeito". Se você não entende nada de códigos html, é melhor enviar apenas texto. Leia sobre a regulamentação do Email Marketing. Não envie anexos logo no primeiro contato. É preferível enviar um primeiro email, pedindo permissão para tal. As pessoas, se perguntadas, não se negam a receber os arquivos e você está agindo eticamente.

Eu gosto muito dos conselhos dos rapazes do Empreendemia, quando dizem: "explique o que você faz enquanto desce o elevador"

Apresente-se de forma sucinta e peça permissão para enviar seu demo. Ao receber a confirmação, envie novamente uma breve apresentação escrita, coloque seus serviços à disposição e anexe seu demonstrativo.

"Então é só enviar emails à torta e à direita, que as pessoas vão comprar meus offs?" Não. Com o crescimento do uso da internet, as pessoas esqueceram que a venda começa numa conversa. Se simplesmente "empurrarmos" nosso serviço para o cliente, é certo que ele não vai comprar. Ninguém gosta de vendedores batendo à porta. Antes de vendermos temos que criar uma relação com o possível cliente. E isso demanda tempo. É como os vendedores que antigamente batiam de porta em porta levando panelas, cobertas, tapetes, etc. Ele podia não vender na primeira vez, mas dava "um dedo de prosa" com a dona da casa (a responsável por fazer as escolhas) até ganhar a confiança dela. Na segunda, terceira ou quarta tentativa ele vendia algo!

Assim deve ser também nossa perseverança. Mas lembrando-se sempre da ética. Alguns dizem que o ideal é enviar um email por semana ao possível cliente. Outros dizem que um por mês é o melhor. Ainda tem quem diga que deixá-lo escolher a periodicidade em que vai receber seus emails é a melhor opção. Talvez você precise testar todos os meios. mas sem esquecer que do outro lado também há um ser humano, e não apenas alguns reais.


Ainda sobre obter resposta aos seus emails, veja o comentário  que um anônimo fez no artigo "Ser locutor é uma carreira promissora?"  O comentário dele só foi publicado depois que ele permitiu. Se não permitisse, eu responderia em forma de artigo mesmo. Você também pode fazer sua pergunta anonimamente… Deixar seu comentário…

Novamente o artigo acabou ficando grande e terei que terminá-lo na próxima semana…Se você quiser ser avisado quando os artigos forem publicados, inscreva-se do lado direito.


Até mais!

Linda.

Veja também:

 - Quem sou eu
 - Perguntas frequentes
 - Serviços

{fcomment}

Comentários   

0 # JOÃO TAVARES 28-07-2011 19:34
Boa tarde amiga Linda Coelli, por favor, sou iniciante, apenas gostaria de perguntar para vc se quando usamos nossa voz para gravar comerciais, jingles, etc, precisamos do DRT, ou apenas é exigido quando estamos no AR em rádios?

Agradeço sua estimada atenção,

JOÃO TAVARES
0 # Linda 28-07-2011 20:28
Olá João Tavares!

Não, você não precisa de DRT para gravar comerciais, jingles, etc. Apenas para ir ao ar como locutor, como você imaginava.

Obrigada por visitar o blog e o site e fique à vontade para participar quando quiser!

Abraços,

Linda.
0 # Enoque 24-08-2012 00:56
Possuo alguns equipamentos (sond forge, audacity, microfone e placa de som profissional, micro e uma caixa de som não profissional). Já faço umas gravações de minha voz e gostaria de iniciar um pequeno negócio de gravação de comerciais como locutor. Diante disso, gostaria de uma idéia e/ou sugestão sobre este assunto.
0 # Linda Coelli 04-10-2012 21:37
Olá querido Enoque,

não compreendi o que você quis dizer :)
Poderia ser mais claro?

Abs,
Linda

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

Quem está online:

Temos 25 visitantes e Nenhum membro online